sexta-feira, 29 de agosto de 2014

No lançamento do projeto de governo do PSB, Delgado apontou reação positiva de agentes econômicos a Marina

A presidenciável Marina Silva (PSB) e o seu vice, Beto Albuquerque, lançaram nesta sexta-feira (29) o projeto de governo da candidatura pessebista, em São Paulo. Presente no evento, o deputado federal Julio Delgado (PSB/MG) comentou o tom do documento.
"Se ele (o programa) vai ter uma linha mais liberal? O que eu posso dizer é que é uma linha que conforta, tranquiliza o mercado”, explicou o deputado. Delgado diz ver uma reação positiva dos agentes econômicos ao avanço de Marina.

"Marina tem se comprometido a manter o combate a inflação, o câmbio livre e o rigor nos gastos públicos - conjunto conhecido como tripé econômico, implantado pelo governo Fernando Henrique Cardoso (FHC)".
Negritos nossos.

Alan Sampaio /iG Brasília
Para Julio Delgado, o mercado financeiro tem reagido bem ao avanço de Marina Silva nas pesquisas

Você entende (mesmo) o que Marina fala?









Autor: Eduardo Guimarães
Não adianta negar os fatos: Marina Silva é um fenômeno político. Contudo, é um fenômeno muito diferente de Lula, por exemplo. A grande vantagem do ex-presidente sempre foi a sua forma de se comunicar – as pessoas mais simples entendem o que ele fala, pois fala como o povo, ou seja, fala um português coloquial mesmo nos ambientes mais formais.

Todo fenômeno político requer uma razão de ser. Marina, portanto, tem lá sua característica de fenômeno para conseguir seduzir boa parcela do eleitorado brasileiro. Contudo, essa característica, à diferença da de Lula, não está em sua comunicação verbal e, sim, em suas características físicas.

Marina abre o jogo: deixa o pré-sal para os gringos! Energia, só de catavento e espelhinho!











Autor: Fernando Brito

Não foi preciso nem que a diretora da Chevron, Patrícia Pradal, fosse pedir, como fez com José Serra, em 2010.

Marina Silva, espontaneamente, anunciou que vai deixar o petróleo do pré-sal lá embaixo, bem enterradinho, para que, um dia, os gringos venham  tirar.

Seu programa, dizem os jornais, vai tirar a prioridade “da exploração do petróleo da camada do pré-sal na produção de combustíveis”.

Ou seja, deixar por lá mesmo uma quantidade imensa de petróleo, tão grande que faz a Agência Internacional de Energia prever que o crescimento da oferta de petróleo no mundo, nas próximas décadas, virá mais do Brasil do que do Oriente Médio.

Especialistas veem equívocos de Marina em deixar o Pré-sal de lado

A proposta do programa de governo da candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, de reduzir a prioridade que o pré-sal tem hoje nos planos de investimentos da Petrobras é vista como um equívoco pelos especialistas do setor. Seja porque a exploração dessas reservas é parte de um programa estratégico para o país se tornar um grande exportador de petróleo, ou pelo seu potencial de retorno financeiro para a estatal, eles dizem que desacelerar os aportes no pré-sal seria um retrocesso.

“Eficiência” para Aécio é reduzir o Estado e cortar investimentos



Em sabatina realizada pelo grupo Estado nesta quarta-feira (27), o candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves, manteve a postura de campanha de não detalhar como vai colocar em prática o pouco que apresenta de proposta de governo, mas fez questão de reafirmar seu plano de corte de gastos públicos e dos investimentos.


Aécio diz que vai criar o Família Brasileira para substituir o Bolsa FamíliaAécio diz que vai criar o Família Brasileira para substituir o Bolsa Família
Aécio disse que se eleito vai reduzir a presença do Estado e aumentar a participação do setor privado no governo para, segundo ele, deixar o Estado “eficiente”. Indagado sobre quais os setores desses cortes, ele disse que o “desenho” ainda está sendo feito, mas que cortaria pelo menos metade dos ministérios.

Canal do projeto São Francisco corta terras do sertão

Luciana visita Mercado das Mangueiras em Jaboatão


A manhã da última sexta-feira (22) foi de visita ao Mercado das Mangueiras, no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. O local tem 11 mil metros quadrados e acomoda quase 1500 comerciantes com uma variedade em mercadorias, que vai de bijuterias à carne, legumes e frutas frescas.




O Mercado das Mangueiras tem esse nome por conta das mangueiras que existiam no local antes da sua construção em 2008, e que foram preservadas fazendo do mercado um lugar diferente, bonito e agradável. A deputada Luciana (6510) visitou os comerciantes e conversou sobre seu mandato e sobre a luta do PCdoB para garantir que as pessoas tenham mais condições dignas de vida e de trabalho.

Em meio ao colorido peculiar das bancas de frutas e verduras Luciana ouviu os feirantes e reafirmou que a defesa da agricultura e o incentivo a comercialização do que é produzido também é uma bandeira do seu mandato. "O PCdoB sempre buscou o equilíbrio entre as necessidades da agricultura e as do meio ambiente, considerando o interesse nacional e os custos econômicos e sociais envolvidos", explicou. 

Texto: Ellen Lacerda

Edição: Ana Cristina Santos

Foto: Virginia Ramos

É política nova, mas só de noite

Rita Matos Coitinho *
 
"Marina Silva precisa ser desmascarada. Seu projeto político precisa ser conhecido pelo povo brasileiro. Ela é a nova candidata do Sistema Financeiro Internacional. Marina não é um erro de cálculo, tampouco uma fatalidade. É a porta-voz dos interesses do velho e carcomido consenso de Washington". Grifos nossos.

Gurus de Marina e Aécio vão ter um troço. Dilma aumenta Salário Minimo de 2015 para R$ 788,00.











Os gurus econômicos que assessoram Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) vão ter um troço: Dilma enviou proposta de Lei do Orçamento da União para 2015 com aumento real do salário mínimo para R$ 788,00. Isto dá um aumento de 8,8%, acima da inflação, como ocorreu durante todos os anos dos governos de Dilma e de Lula.


Os gurus de Marina e Aécio são contra essa política de aumento real do salário mínimo porque, segundo o fundamentalismo neoliberal deles, trabalhador ganhar melhor "atrapalha" a economia, e "atrapalha" a previdência.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Com Marina, "não política" ganha rosto - " 2014, seu outro nome é 1960? Veremos em breve."











Por Rodrigo Vianna, no blog Escrevinhador:

Depois de junho, há sempre um… agosto. Sim, é como se este agosto de 2014 fosse a continuação inexata e algo surpreendente daquele junho de 2013 – que levou milhares às ruas.

O nome de Marina Silva não foi gritado nas ruas em junho de 2013. Não. Aquele foi um movimento inorgânico, um sintoma de que a grande mudança social operada no Brasil dos anos Lula havia gerado contradições quase insanáveis. E que o petismo estava mal preparado para lidar com elas.

O dia em que o governo praticou o 'bateu, levou'






Diante do aperto no círculo de críticas, governo e PT começam a executar estratégia de rebater cada uma delas; ministro Guido Mantega respondeu a artigo do ex-presidente do BC Armínio Fraga no jornal Folha de S. Paulo; "Não entregou a meta de inflação", lembrou o chefe da política econômica; em seguida, para não deixar sem comentários afirmação de Marina Silva de que pretende governar "com os bons do PSDB e do PT", presidente Dilma Rousseff retrucou que a escolha correta é pelo "compromisso que a pessoa tem"; indo adiante, Dilma assinalou que "os bons deste País têm compromissos com a distribuição de renda e a inclusão social"; fechando a quinta-feira de 'bateu, levou', presidente de PT mandou para a Justiça Eleitoral vídeo adulterado em que ex-presidente Lula é visto como se apoiasse postulante do PSB; "Fraude", resumiu Rui Falcão; agora vai?

Sindicato de Chico Mendes expõe contradições de Marina Silva







Nota publicada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Xapuri (Acre), fundado por Chico Mendes, contesta afirmações da candidata, como a de que ele seria representante da "elite nacional"; assinado pelo atual presidente do sindicato, José Alves, texto coloca Chico, morto por fazendeiros em 1988, como um sindicalista, não um ambientalista que se une ao capital; sindicato também condena a política ambiental "idealizada pela candidata Marina Silva enquanto Ministra do Meio Ambiente, refém de um modelo santuarista e de grandes Ong's internacionais"

Lula faz alerta contra o discurso de Marina








"Se alguém quiser votar em alguém que não é político, em primeiro lugar, não acredite quando o cara faz a apologia da não-política. Não acredite. Porque não é possível alguém governar fora da política", disse ele, em São José dos Campos (SP), numa clara referência a Marina Silva; "Quem for eleito presidente da República vai ter de conversar com o Congresso Nacional e com os partidos políticos. Não está na hora de a gente negar a política"; Marina tem adotado o discurso da "nova política" e prometido enterrar raposas que, segundo ela, simbolizam o Poder Legislativo

POR QUE O SISTEMA FINANCEIRO PRIVADO QUER DERROTAR DILMA?


Antônio Augusto de Queiroz *

Numa única palavra: ganância. Nunca os banqueiros deste país lucraram tanto como nos governos do PT, mas esse pessoal não tem limite. Neste texto elenco quatro motivos que embasam tamanha hostilidade ao governo Dilma. Esse comportamento do mercado financeiro vale para qualquer governo que não aceite o jogo da banca.

Campanha de 1º a 7 de setembro reforça luta por reforma política

Como a Lei da Ficha Limpa, que partiu da iniciativa popular, o projeto precisa de 1,5 milhão de assinaturas para ser apresentado ao Congresso.


Como a Lei da Ficha Limpa, que partiu da iniciativa popular, o projeto precisa de 1,5 milhão de assinaturas para ser apresentado ao Congresso.

A pressão por mudança no sistema político será intensificada de 1º a 7 de setembro. Mais de 400 organizações sociais sairão às ruas para recolher votos e coletar assinaturas em favor de mudanças no sistema político. A população também pode participar da Semana Nacional de Luta pela Reforma Política Democrática votando pela internet. 

CNT/MDA sugere que Ibope manipulou pesquisa

Autor: Eduardo Guimarães
Surpreenderam as manchetes que afirmaram que a mais recente pesquisa feita pelo instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes teria “confirmado” a pesquisa Ibope. Apesar de as duas pesquisas mostrarem a mesma tendência, não mostraram a mesma coisa.

Contudo, devido à separação cronológica entre as duas pesquisas supracitadas (Ibope foi a campo entre os dias 23 e 25 e MDA entre os dias 23 e 26) e a última pesquisa Datafolha  (divulgada no dia 18 de agosto, com campo entre os dias 14 e 15), pode-se amaciar, ao menos no momento, com o instituto de pesquisas da família Frias.

Pitaco do dia

“No governo Lula e Dilma pobre só andava de avião. No de Marina, pobre já compra avião.”
— Ronaldo

“Há uma enorme diferença no julgamento dos partidos. Com os que têm T depois do P, todo rigor. Já com os que têm S depois do P...”
— Edvard

“Se pesquisa ganhasse eleição, o Cerra era Imperador do Brasil.”

— João Saldanha

Por que a elite apóia o caminho para lugar nenhum? Para perdermos o rumo, é claro









Autor: Fernando Brito

O publicitário Hayle Gadelha – que, apesar de marqueteiro, é um caráter de primeira – preparou, a partir das reflexões do professor Roberto Moraes, e manda-me uma análise da distribuição do eleitorado entre Marina Silva e Dilma Rousseff, tomando por base os números do Ibope, que a ele também fizeram franzir as sobrancelhas.

CAMPANHA ELEITORAL: MOMENTO DE TROCAR IDEIAS E DISCUTIR FUTURO


UPE
As campanhas eleitorais são um bom momento para debater ideias, avaliar ações e discutir perspectivas para o futuro. A deputada Luciana Santos é candidata a reeleição para a Câmara dos Deputados e tem conversado com a população pernambucana em panfletagens, reuniões e palestras.  A deputada também utiliza a internet e as redes sociais para mediar esse diálogo, através do seu perfil no Facebook (deputadalucianaoficial), no Twitter e no Instagram (@deputadaluciana).

Marina não aguenta um Levy Fidelix

Por Rodrigo Vianna, no blog Escrevinhador:

A seguir, breves comentários sobre o debate de terça-feira (26/agosto), na Band.

1) Dos três candidatos mais fortes, Aécio Neves pareceu-me o mais à vontade diante das câmeras. Foi uma surpresa, porque ele podia estar abatido depois da pesquisa IBOPE que o colocou fora do segundo turno. Aécio falou com firmeza, mas sem soar arrogante. Quando Dilma tentou colar na testa dele o FHC, Aécio não fugiu da conversa. O raciocínio dele parece mais bem encadeado que o de Dilma e Marina. É simpático. Aécio na tela mostra que muita gente no PT não faz bem quando o subestima e procura reduzir o candidato tucano a “um playboy que gosta de curtir a noite carioca”. Aécio não é (só) isso. Ganhou pontos com a atuação na Band, deu esperanças à turma dele de que pode reverter o jogo ainda.

Marina Silva parece Russomano

Por Ismael Cardoso, no site da UJS:

A nova pesquisa do Ibope assustou muitas pessoas que apoiam a presidenta Dilma ou o candidato Aécio Neves. Numa primeira percepção a candidata Marina Silva, com 29% e ainda ganhando de Dilma no segundo turno, pode assustar mesmo, entretanto, há um caminhão de “porém’s”.

Não houve empréstimo de avião. Estadão confirma: Eduardo Campos participou da compra











Novamente, o Estadão confirma,  com bom trabalho de seus repórteres, as informações que este blog tinha conseguido reunir e publicar, com os poucos meios de que dispõe.
No final da noite de ontem, Ricardo Brant e Andreza Matais publicam que o ex-governador Eduardo Campos aprovou, pessoalmente, a aquisição do Cessna do grupo AF Andrade, como já tinha ficado claro por uma publicação da Folha, no dia seguinte ao acidente, quando ainda não havia elementos para que a reportagem pudesse ver o quanto obscuro era o negócio.

Paulo: ações para potencializar o Turismo em Pernambuco

 Em encontro com o Trade, nesta quarta, candidato assumiu compromissos com o setor

A experiência acumulada durante a sua passagem na Secretaria de Turismo do Estado garantiu a Paulo Câmara (PSB) a percepção das demandas e, principalmente, das muitas possibilidades de avanços que o setor possui. Durante café da manhã, nesta quarta-feira (27), com o Trade Turístico, o candidato da Frente Popular ao Governo pontuou ações que desenvolverá, a partir de 2015, para potencializar os resultados de uma área que já representa 8% do Produto Interno Bruto (PIB) pernambucano.  Junto com seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), Paulo destacou que o segmento será beneficiado por iniciativas que melhorarão a infraestrutura dos municípios, além do apoio ao desenvolvimento das diferentes cadeias produtivas existentes.

Ibope: Paulo Câmara sobe 18 pontos e chega aos 29%

Socialista se aproximou do seu opositor na corrida pelo Governo de Pernambuco

Pesquisa do Ibope divulgada pela TV Globo, nesta terça-feira (26), mostrou que o candidato Paulo Câmara subiu 18 pontos nas intenções de votos dos pernambucanos e já se aproximou do seu principal opositor. O socialista, que marcou 11% no último levantamento do instituto, em 30 de julho, saltou para 29%.

Dilma mostra segurança e realizações em debate na TV



Como era de se esperar, Dilma Rousseff, candidata à reeleição, foi o alvo preferido dos presidenciáveis no primeiro debate entre os presidenciáveis na TV Bandeiras, nesta terça-feira (26).

Do Portal Vermelho, Dayane Santos


AFP
 Presidenta ressaltou que o Brasil deixou de ser um país de poucos privilegiados Presidenta ressaltou que o Brasil deixou de ser um país de poucos privilegiados
Apesar do bombardeio, Dilma mostrou segurança e convicção nas realizações de seu governo. O tucano Aécio Neves tentou mostrar que pode ser o líder que a direita tanto quer, e Marina, por sua vez, quando explorada em suas contradições, tentou se pendurar nas manifestações de junho de 2013.

Foram quase três horas de debate que avançaram na madrugada desta quarta-feira (27). Os candidatos responderam até duas perguntas por bloco, o que levou a um embate direito entre Dilma, Marina e Aécio. 

Fazer política + Lula. Números não bastam !

O centro da discussão é arrocho vs não-arrocho !







O ansioso blogueiro localizou o Oráculo de Delfos no Recife, na porta da casa de um dos laranjas que o jornal nacional apontou como dono do jatinho.

Por falar nisso: o PT vai agasalhar o jatinho ?

Por falar nisso, o Cerra: de que vive ele ?

- Caríssimo Oráculo, há quanto tempo !

- Não penso noutra coisa. Virou ideia fixa. Enquanto não achar o dono do jatinho não sossego.

- Mas, caro Oraculo, e o Globope, Oráculo ?

- Mexeram na margem de erro, meu filho.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Garotinho “zoa” sumiço do “Aezão” no Rio. E sumiu mesmo: Aécio tem 11%, diz Ibope

Autor: Fernando Brito

Hoje, na visita feita por Dilma Rousseff ao restaurante popular em Bangu, zona Oeste do Rio, o candidato do PR, Anthony Garotinho, não perdeu a chance de fazer uma gozação contra seus arqui-inimigos Sérgio Cabral, Jorge Picciani (presidente do PMDB) e Eduardo Cunha.

— Cadê o Aezão? Onde está aquele pessoal? Por onde anda o Jorge Picciani (presidente estadual do PMDB e criador do “Aezão”)? — provocou Garotinho, usando ironia ao citar nomes de deputados do PMDB que disputam novo mandato. — Fiquei sabendo que deu a maior ventania lá em Saquarema e caíram todas as placas que tinham o Paulo Melo com o Aécio. Deu outra ventania em Jacarepaguá e caíram as placas de Brazão e Eduardo Cunha com Aécio. Esse pessoal é assim…

Marina faz golaço contra no debate: defendeu os muito ricos e atacou dos pobres.

Quem te viu, quem te vê, Marina Silva. Foi só passar a andar com a turma dos banqueiros, que mudou completamente. Agora entendi o que ela quer dizer com "mudança".

Se tiver que resumir o debate na TV Band ontem, a participação de Marina foi defender os ricos e atacar os pobres.

Ela defendeu e tomou as dores da banqueira do Banco Itaú, Neca Setúbal, "oprimida" pelo governo Dilma que cobra o Darf de R$ 18 bilhões do Itaú, e atacou os pobres usuários do SUS moradores do interior e da periferia das metrópoles que agora ganharam o direito de ter um médico perto de casa para consultar na hora que precisa, desdenhando do programa Mais Médicos.


Marina tembém defendeu o "oprimido" bilionário neoliberal dono da Natura, também com problemas no Darf.

Povo vai bem, mas noticiário o induz a achar que o país vai mal

Segundo Ibope, avaliação do governo Dilma sobe e maioria (76%) se diz satisfeita com a vida. E se 30% pensam que a economia vai mal, como pode 68% acharem que sua vida estará melhor em 2015?
por Helena Sthephanowitiz


Como pode o povo estar otimista com o futuro e ao mesmo tempo acreditar que a economia vai mal?

Na pesquisa Ibope divulgada na terça-feira (26), Dilma Rousseff (PT) subiu dois pontos na espontânea, chegando a 27%. Marina Silva (PSB) teve 18%, e Aécio Neves (PSDB), 12%. A pesquisa espontânea é aquela que reflete melhor a firmeza do voto, porque apenas pergunta em quem o eleitor votará, sem mostrar nenhuma lista de nomes. Responde quem já tende a ter definido o candidato de sua preferência.

Gilmar Mendes tentou salvar Arruda

Por Altamiro Borges

Por seis votos a um, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, na madrugada desta quarta-feira (27), o registro da candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo do Distrito Federal. Os ministros consideraram que o ex-demo, flagrado garfando dinheiro público junto com seus apaniguados, feriu a Lei da Ficha Limpa. O único voto favorável ao político metido no escândalo do "mensalão do DEM" foi dado pelo ministro Gilmar Mendes, o ex-presidente do STF que também concedeu habeas-corpus ao agiota Daniel Dantas e ao médico-estuprador Roger Abdelmassih e que ganhou fama de carrasco no julgamento midiático do chamado "mensalão do PT".

Geraldo Galindo: Marina e a "nova política"



Impressiona a quantidade de eleitores que se dispõem a votar em Marina Silva por ela supostamente representar a ‘nova política’. Pesquisas revelaram percentual elevado de pessoas antes indecisas ou dispostas a anular o voto que viram nela uma opção.

Por Geraldo Galindo*, especial para o Vermelho


George Gianni
 Marina e a "nova política" Marina e a "nova política"
E esse enorme segmento do eleitorado - incluindo parcela considerável da juventude - pensa que a ex-senadora seria uma alternativa à mesmice do cenário político e a negação aos partidos políticos tradicionais. Deveríamos então debater melhor se a acriana seria mesmo a representação da denominada ‘nova política’.

Carreata de Marcelino e Luciana percorre mais de dez bairros de Olinda

Foto: Já se arrumou para a carreata com Marcelino e Luciana? Estamos esperando por você no Varadouro! E se ainda não adesivou seu carro, não tem problema, não. A gente adesiva aqui. Vem!


 Dezenas de ruas e avenidas de bairros como Peixinhos, Jardim Brasil, Águas Compridas, Caixa D'Água e Alto da Conquista, entre outras localidades, foram percorridas na manhã/tarde deste domingo pela carreata dos candidatos do PCdoB de Pernambuco, Marcelino Granja (estadual) e Luciana Santos (federal). Dezenas de motocicletas e automóveis levaram a alegria e as bandeiras dos comunistas a milhares de pessoas ao Sul/Oeste de Olinda. 

Fotos: Jan Ribeiro/Maturi Comunicação



Luciano (segundo à esquerda) e Alanir (à direita). Foto: Herbert Beserra 

Investimento em políticas sociais causa oposição dos bancos ao governo


 Para o economista e professor Marcio Pochmann, em sua coluna na Rádio Brasil Atual, essa crescente oposição dos bancos ao governo federal se deve ao fato da preferência do governo em aumentar os investimentos nos setores sociais da sociedade brasileira que vem alavancando a qualidade de vida dos cidadãos.

Por Ramon de Castro, para a Rádio Vermelho

Por que Ibope e Datafolha não pesquisaram 2º turno entre Aécio e Marina?










Desde o dia 18 último que uma pergunta ficou rondando a mente do blogueiro. Para não sentir-se obcecado, porém, este que vos escreve não deu muita atenção ao fato. Agora, porém, com a repetição do fenômeno a dúvida ganhou significação.

O que aconteceu no dia 18 de agosto passado? Saiu uma pesquisa Datafolha que, tal qual a de terça-feira, do Ibope, inexplicavelmente não pesquisou o embate em segundo turno entre Marina Silva e Aécio Neves.

E daí? Este seu servo, leitor, é que pergunta: por que, diabos, os dois maiores institutos de pesquisa do país não pesquisaram a possibilidade de, por exemplo, Aécio ultrapassar Dilma Rousseff e disputar o segundo turno com Marina?

Doutrina Mainardi-FHC prega ódio e desmonte







Tese do voto inútil para o Brasil ganha campo; debate sobre planos de governo passam a não interessar mais; o que importa é adiantar no 1º turno das eleições uma frente em torno de Marina Silva contra o PT; "Passarei a torcer contra ela um dia depois da posse", ensina colunista Diogo Mainardi; de Veneza, onde mora, ele sinaliza apoio "até a posse"; depois, jogará na desestabilização; ex-presidente Fernando Henrique aponta que fundamental é "não melindrar" a candidata do PSB; ele trabalha para tornar o PSDB linha auxiliar no eventual governo dela; movimento visa abater, na 2ª volta, presidente Dilma Rousseff, mas primeira vítima é o tucano Aécio Neves; para quem teve no avô Tancredo um mentor que dizia que a lealdade é a primeira regra da política, mineiro tem agora outra lição, a da traição

Avião usado por Campos e Marina foi pago por empresas-fantasmas

 Peixaria e construtora com sede em sala vazia estão entre as firmas que pagaram antigo dono








PSB diz que jato havia sido emprestado por empresários de PE e que irá prestar contas até o fim da campanha.. Segundo o documento, "a aeronave de prefixo PR-AFA (...) teve seu uso - de conhecimento público - autorizado pelos empresários João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira".

Vieira responde a processo criminal por sonegação fiscal na importação fraudulenta de pneus pelo Porto de Suape (PE), que teria gerado prejuízo de R$ 100 milhões aos cofres públicos, de acordo com os autos da Justiça Federal. O caso ainda não transitou em julgado e ele recorre da decisão de primeira instância.

Debate fura bolha da Bláblá

Blablozeiras revelam contradição e superficialidade










O debate da Band é quase inútil.

Enche o palco de sub-candidatos que, em 100% dos casos, só servem para bater na Dilma.

Não somam nada.

Só esquentam o forno contra a Presidenta e levantam a bola para os da Oposição.

Serve para simular imparcialidade. Mas, não engana ninguém.

Mesmo assim, teve uma grande virtude.

Mostrou a impostura que cerca a candidatura da Bláblarina.

(Clique aqui para ver que até jornal nacional detonou o jatinho sem dono )

Globo mostra o canhão a Marina


Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

Mais importante que a pesquisa Ibope no Jornal Nacional de hoje, foi a reportagem sobre os donos do jatinho que matou Eduardo Campos e transformou Marina Silva em sucesso eleitoral.

Fartamente abastecida – como sempre – pela Polícia Federal, a matéria começou a revelar o “laranjal” montado pelo PSB e pelos empresários amigos de Campos, para “comprar” o jato que acabaria por matar o candidato.

Até um peixeiro do Recife foi usado como “bucha” na transação.

Por que a presidenta Dilma nos representa



É importante lembrar que Dilma foi militante da democracia e lutou por ela, estando presa nos anos de chumbo que marcaram a ditadura militar. Ela faz parte da história de luta por liberdade e democracia no Brasil, onde muitas pessoas tombaram dando a vida pelo sonho de um País menos injusto socialmente, como vivemos hoje.

Por Fátima Teles e Dislene de Lemos para o Portal Vermelho

PSB admite que avião de Eduardo foi cedido por empresários


O PSB reconheceu em nota que o jato de prefixo PR-AFA, em que se encontrava o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, quando morreu, no último dia 13, estava irregular.O PSB reconheceu em nota que o jato de prefixo PR-AFA, em que se encontrava o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, quando morreu, no último dia 13, estava irregular.

Depois de prolongado silêncio desde que foi feita a denúncia, o PSB reconheceu em nota, nesta terça-feira (26), que o jato de prefixo PR-AFA, em que se encontrava o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, quando morreu, no último dia 13, estava irregular. Marina Silva também voou na aeronave em outras ocasiões para atividades de campanha.

Pesquisa Ibope aponta alteração na disputa eleitoral



Pesquisa do Ibope divulgada no início da noite desta terça-feira (26) aponta a presidenta Dilma Rousseff (34%) à frente da disputa eleitoral, mas o quadro altera em relação às pesquisas anteriores à morte de Eduardo Campos, e tem agora Marina Silva (PSB) no segundo lugar, com 29%, uma diferença de dez pontos de Aécio Neves (PSDB) que soma 19% das intenções de voto.


Pesquisa eleitoral 26/8Pesquisa eleitoral 26/8
Em relação à pesquisa anterior, do dia 8, Dilma e Aécio perderam quatro pontos cada, enquanto Marina, que substitui Campos, ganhou 20 pontos. Pastor Everaldo (PSC) continua com 1%, assim como Luciana Genro (Psol). 

Na pesquisa espontânea – em que o nome do candidato não é apresentado –, Dilma aparece com 27%. Marina está com 18% e Aécio, com 12%. Os indecisos, que representavam 43%, agora somam 28%.

Luciana Santos: Luz para Todos vence passado e constrói futuro


Além do Programa Luz para Todos, a parlamentar atuou pela aprovação na Câmara dos Deputados da Medida Provisória que reduziu a tarifa de energia elétrica.  Além do Programa Luz para Todos, a parlamentar atuou pela aprovação na Câmara dos Deputados da Medida Provisória que reduziu a tarifa de energia elétrica. 

Imagina se você não pudesse ver televisão. Nem curtir qualquer coisa na internet. Se fosse obrigado a acender uma vela para estudar à noite. Se não tivesse direito de tomar uma água gelada ou um banho quente. 


Parece a realidade do século 19, mas era a situação vivida por boa parte da população do interior do país até pouco tempo atrás. O Programa Luz para Todos, criado em 2003 pelo governo Lula, quando a presidenta Dilma ainda era ministra de Minas e Energia, garantiu acesso de energia elétrica a 12,2 milhões de brasileiros.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Ibope: Marina atingiu o teto?

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

A crer no resultado do Ibope – e eu creio nos resultados do Ibope como uma antítese do poeta, onde não há distância entre intenção (de voto) e gestos políticos – estamos diante de uma “onda”.

Onda que, embora suspeite que o Ibope tenha lhe dado boias, engoliu Aécio Neves.

Marcelino e Luciana estreiam no guia eleitoral. Assista aos vídeos


O programa eleitoral já começou a ser exibido nas emissoras de rádio e televisão do Brasil e em Pernambuco Marcelino Granja 65100 e Luciana Santos 6510 já estão com seus programas no ar. Na TV, Marcelino dá seu recado às segundas, quartas e sextas-feiras em dois horários: 13h e 20h30. No rádio, os programas do candidato do PCdoB a deputado estadual pode ser acompanhado das 7h às 7h20 e das 12h às 12h20.




No caso de Luciana Santos, que concorre à reeleição para a Câmara dos Deputados, os programas são exibidos às terças e quintas-feiras e nos sábado. No rádio, das 7h às 7h25 e das 12h às 12h25 e na televisão das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55. Cada programa tem a duração de 30 segundos. Durante a semana, são veiculadas as inserções com duração de 15 segundos, distribuído na programação das emissoras. O guia eleitoral vai ao ar até o dia 02 de outubro.

Assista aos vídeos dos programas eleitorais e inserções de Marcelino e Luciana no Blog Tabira em Tempo.


Laudicéa Rodrigues
Do Recife 

Presidenciáveis participam do primeiro debate na TV



Nesta terça-feira (26), a partir das 22 horas, acontece o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República, na Band, em São Paulo.


  
Sete candidatos participam: Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB-Rede), Aécio Neves (PSDB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB). Além, da transmissão de TV, os internautas poderão acompanhar o debate e os bastidores, a partir das 20 horas.

Inflar Marina foi o maior tiro no pé que a mídia já deu

Em algumas horas, sairá a primeira pesquisa sobre a sucessão presidencial posterior ao auge da comoção provocada por um espetáculo sórdido que apelidaram de “velório de Eduardo Campos”. Devido ao considerável volume de pesquisas privadas que têm sido feitas, já dá para arriscar uma previsão sobre como está a corrida pela Presidência da República.

A pesquisa Ibope que está para ser divulgada deve mostrar o seguinte quadro: Aécio despencando com força, Dilma melhorando um pouco (mais provavelmente em aprovação pessoal e de seu governo, mas pouco ou nada em intenções de voto) e Marina disparando e ultrapassando o tucano.