quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Unidade: 15 partidos apresentam propostas para a Agenda Brasil

 

Como forma de contribuir para a retomada do desenvolvimento econômico e social e superar a crise financeira e política do país, amplas forças políticas, lideradas por 15 partidos da base do governo na Câmara dos Deputados desenvolveram um documento nos moldes do projeto Agenda Brasil, do Senado. Formada por matérias em tramitação na Casa e outras a serem construídas, a Agenda da Câmara será apresentada ao governo federal e aos presidentes das Casas legislativas.


Foto: Álvaro Portugal/PCdoB na Câmara
  

O conjunto de propostas para o Brasil, elaborado pelos líderes do PT, PCdoB, PRB, PP, PR, PSD, Pros, PSDC, PSL, PRP, PRTB, PTC, PTN, PMN e PTdoB, foi apresentado na tarde desta quarta-feira (26), em coletiva de imprensa no Salão Verde da Câmara dos Deputados.

ADET PROMOVE IMPORTANTE PALESTRA SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS NA ESCOLA ARNALDO ALVES DE TABIRA

Por Dedé Rodrigues
 
 
 
 
No dia 25 de agosto membros da ADET (Associação dos Deficientes de Tabira), realizaram uma importante palestra com o tema Transversalidade: o Caminho Para Políticas Públicas Inclusivas”,   no Auditório Dedé Monteiro da Escola Arnaldo Alves Cavalcanti.  A palestra foi realizada pela Psicóloga Patrícia do CRAS e o evento foi aberto pelo Membro da ADET Anchieta  que falou da importância da entidade,  mas destacou que ela precisa de apoio da Prefeitura, da sociedade e dos poderes públicos.

Renato Rabelo: “Continua vital a luta pela democracia”

 

Ao analisar a situação política, o ex-presidente do PCdoB, Renato Rabelo, destacou o esforço da presidenta Dilma Rousseff em enfrentar a crise política e econômica. “Recompondo sua base de apoio, a presidenta reiniciou um amplo diálogo, não só com os setores políticos, mas também com o movimento social”.  Renato falou também da intenta inconsequente dos golpistas. Segundo ele, é preciso unir as forças, pois "continua vital a luta pela democracia”.


Reprodução
  
Na edição do programa Diálogos, desta terça-feira (25), o dirigente comunista alertou sobre o agravamento da crise econômica mundial e o recuo de setores da oligarquia econômica, preocupadas com essa crise. Renato disse estar surpreso com a reconsideração de parte da oligarquia financeira que fez afirmações contrárias as tentativas golpistas de derrubada da presidenta Dilma. O dirigente citou ainda opiniões de setores rentistas e até da grande mídia, nacional e internacional, que, preocupados com a instabilidade econômica mundial, recuam no discurso golpista.

REFLEXÃO DO DIA

Crise econômica mundial se agrava, tiremos as consequências

Alguns analistas de economia, sempre propensos a confundir desejo e realidade, andaram alardeando a tese de que a crise econômica havia se afastado definitivamente. Mercadejavam suas ilusões baseados em pequenas taxas de crescimento verificadas em alguns países do capitalismo central. Essa recuperação seria o primeiro indício de que, tomado o remédio amargo, os benefícios dos ajustes já se faziam sentir. 
 
Do Editorial do Portal Vermelho

Globo e UOL escondem delação e tentam salvar Aécio Neves

 

Em seu depoimento à CPI da Petrobras nesta quarta-feira (25) o doleiro Alberto Youssef confirmou acusação que havia feito anteriormente segundo a qual o hoje senador Aécio Neves recebeu dinheiro de propina no esquema de Furnas. Também foi repetida a denúncia de que o ex-presidente do PSDB, Sergio Guerra, já falecido, recebeu R$ 10 milhões para trabalhar contra a criação de uma CPI da Petrobras.


Reprodução
  
O Jornal Nacionalnão incluiu as falas sobre Aécio e Guerra em sua reportagem. Preferiu focar em Antonio Palocci e Dilma Rousseff, ambos petistas. Deu uma nota sobre o assunto, sem imagens e depois da reportagem enfatizando a defesa do senador tucano.O UOL colocou os nomes de Aécio e Guerra no título ao chamar o assunto no twitter, mas no site logo mudou a manchete: Delatores Youssef e Costa mencionam repasse de propina a tucanos (veja a denúncia do Esforçado no twitter).

O PROBLEMA DAS CINQUENTINHAS PODE VIRAR CASO DE JUSTIÇA?

Por Luis Gonzaga Sobreira
O emplacamento dos ciclomotores, conhecidas como cinquentinhas, assim como o uso de habilitação por parte dos condutores agora é lei. Nada contra, mas o problema é que os fabricantes nos enganaram e o governo foi omisso e deixou para aprovar esta lei quando muita gente já tinha adquirido uma moto sem precisar dessas exigências.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Ué, mas a crise internacional não tinha acabado?









O telespectador do Jornal Nacional – entre outros noticiários picaretas que embromam o país –, caso só se informe pela mídia corporativa, por certo ficou sem entender nada ao fim da edição do primeiro dia útil desta semana daquele telejornal.

Há meses que a mídia e a oposição ao governo Dilma Rousseff vêm desmentindo a presidente da República quando ela diz que as dificuldades econômicas do país se devem à crise internacional.

O blogueiro da Globo Ricardo Noblat, por exemplo, escreveu, recentemente, que “a crise internacional não existe mais”.

Quando as imagens explicam melhor a política do que as palavras

Se reunissem todas as análises que têm sido escritas desde o começo do ano sobre o momento político e as razões das manifestações contra o governo Dilma Rousseff, provavelmente esses escritos lotariam as prateleiras da Biblioteca Real de Alexandria.

Há alguns meses, porém, circulam pela internet – a meu ver, timidamente – duas fotos que, justapostas, são muito mais eficientes para explicar o processo político-ideológico em curso no país do que todas essas análises juntas.

Bolsas: Queda mundial aponta possível agravamento da crise capitalista

 

Nesta segunda-feira (24) a Bolsa de Xangai caiu 8,46%, a maior queda desde 2007, influenciando as bolsas de todo o mundo. O índice FTSEurofirst 300 (principal índice europeu de ações) fechou com queda de 5,44% e perdeu cerca de 450 bilhões de euros (R$ 1,8 trilhão) em valor de mercado - pior performance desde novembro de 2008. 



  
No Brasil, após chegar a cair 6,5% durante o dia, o Ibovespa (principal índice da Bolsa brasileira) reduziu as perdas e encerrou o dia com baixa de 3,03%, a 44.336,47 pontos. É a menor pontuação de fechamento desde 8 de abril de 2009. O dólar fechou em alta de 1,62%, a R$ 3,553 na venda, o maior valor de fechamento desde 5 de março de 2003.

A coleção de más notícias, no entanto, é maior. O movimento de queda do petróleo, que já dura algumas semanas, também se acelerou nesta segunda-feira, com os preços caindo mais de 5%. Em menos de um ano, preços do petróleo caíram mais de 60%, derrubando ações de todas as petroleiras globais. Outras commodities exportadas pelo Brasil, como o minério de ferro, também enfrentam mínimas históricas.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Walter Sorrentino: O país precisa de uma Frente Brasil Popular

 

O dirigente comunista Walter Sorrentino tem 61 anos de idade. Antes de iniciar a entrevista ao Portal Vermelho, em sua nova sala no segundo andar do prédio do Comitê Central do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), no centro de São Paulo, Walter confirma ao jornalista sua formação como médico pediatra e comenta, traindo uma ligeira melancolia, “até que eu fui um bom médico, de todo modo gostava”. 



  
Os verbos no passado soam como uma referência indireta aos 42 anos de militância no PCdoB, que absorveram muito da sua dedicação, furtando tempo à prática da medicina. Na 10ª Conferência Nacional do Partido, realizada no final de maio, os comunistas apontaram Luciana Santos como sucessora de Renato Rabelo na Presidência Nacional do Partido e elegeram também Walter Sorrentino como Vice-Presidente Nacional. Nesta rica entrevista, Walter analisa a crise política no Brasil, comenta sobre a onda conservadora, tece considerações sobre os limites e responsabilidades da esquerda no Brasil e no mundo e fala sobre suas novas funções e os desafios do PCdoB. 

Portal Vermelho – Walter, você assume a vice-presidência do Partido em momento de grande turbulência política no Brasil. Embora alguns apontem que a tendência da crise é a de refluir, existe grande consenso de que ela é grave e perigosa. Qual a sua avaliação?

"É como se tivesse ficado rico" diz benificiado pela transposição

 

A presidenta Dilma Rousseff entregou a primeira Estação de Bombeamento (EBI-1) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Projeto tem como objetivo garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nordestinos. De acordo com a presidenta, as obras serão concluídas até o final de 2016.


 



Altamiro Borges: Economia decepciona na zona do euro

 

A mídia rentista insiste em criar um clima de pessimismo exagerado, quase apocalíptico, sobre a situação da economia brasileira. Os “urubólogos” de plantão batem nesta tecla diariamente por razões políticas – desgastar o governo Dilma – e econômicas – impor a sua agenda neoliberal extremada. Neste esforço, eles evitam relembrar a desgraceira no reinado de FHC e procuram descontextualizar as causas da crise, que atinge todo o sistema capitalista. 

Por Altamiro Borges*, em seu blog


Reprodução
  
Na semana passada, um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) confirmou que as principais economias europeias seguem em baixa. O crescimento do bloco no segundo trimestre deste ano gerou enorme decepção, ficando bem abaixo do esperado pelos tais analistas de mercado – os porta-vozes dos rentistas.

Um retrato da economia brasileira nos últimos 20 anos

 
É fácil dizer que o Brasil mudou muito em duas décadas. Qualquer brasileiro com idade suficiente é capaz de afirmar que a dívida externa e a inflação deixaram de ser os grandes fantasmas de antes, o desemprego reduziu, contingentes saíram da pobreza rumo à classe média e o acesso ao crédito e ao consumo foi ampliado. Um pouco mais difícil é mostrar essa trajetória em números, de fontes oficiais e privadas, reunidos em uma mesma publicação.


A intenção do trabalho é disponibilizar dados que possam contribuir à análise objetiva das restrições e desafios atualmente enfrentados pela economia.A intenção do trabalho é disponibilizar dados que possam contribuir à análise objetiva das restrições e desafios atualmente enfrentados pela economia.
Pois é esta a proposta de “Vinte Anos de Economia Brasileira – 1995/2014”, uma publicação do Centro de Altos Estudos Brasil Século 21 lançada em julho de 2014 e reeditada em março.

São mais de 140 gráficos e tabelas com dados sobre o setor externo, atividade econômica, crédito e financiamento, inflação e preços, contas públicas, emprego e distribuição de renda e ainda um apêndice com indicadores selecionados com médias quadrienais que expressam tendências dominantes em cada período e os reflexos das políticas macroeconômicas adotadas.

Moro ganha quase R$ 80 mil por mês

Por Miguel do Rosário, no blog O Cafezinho:

Olha só que cara de pau.

O juiz Sergio Moro, que mandou prender a cunhada de Vaccari porque achou que ela depositara R$ 2 mil na conta da irmã (depois viu que não era ela), que prendeu o almirante Othon Pinheiro, porque ele movimentou R$ 4 milhões em 6 anos, este mesmo Sergio Moro, ganha R$ 77 mil.

Ou seja, ele pode ter ganhado, de verba pública, mais de R$ 5 milhões em seis anos.

O ATO QUE DEFENDEU A MANUTENÇÃO DA DEMOCRACIA NO BRASIL

As ruas em defesa da democracia

domingo, 23 de agosto de 2015

DIA 16 X DIA 20 DE AGOSTO: DUAS MANIFESTAÇÕES ANTAGÔNICAS NO BRASIL

Por Dedé Rodrigues



REFLEXÃO DA SEMANA Nº 20


Resultado de imagem para manifestações contra dilma X  Resultado de imagem para PASSEATA A FAVOR DE DILMA

 

Bom dia meus amigos e minhas amigas ouvintes do Programa Tabira em Tempo. Esta semana houve duas grandes manifestações de ruas no Brasil. A primeira, dia 16, foi a vez de parte classe média alta e rica deste país, apoiadas pelo PSDB e DEM e outros grupos de direita, de forças conservadoras, neofascistas e golpistas, alienadas pela mídia golpista, são contra o governo Dilma e a corrupção, mas muitos defendiam só o combate seletivo contra o PT, pois carregavam fotos de lideranças obscuras que  também são acusadas de corrupção como o Presidente da Câmara Eduardo Cunha, entre outros. Por tabela ainda defendiam  aquele deputado que deu a entender na Câmara que defendia  o estupro de mulheres, se dirigindo a Secretária dos Direitos Humanos,  Maria do Rosário, o neofascista Bolsonaro. Enquanto uma passeata defendia o diálogo e a paz a outra dizia insultos e espalhava o ódio de classe.

Rossetto: Dilma entregará um país melhor para o povo brasileiro

 

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo deste domingo (23), o ministro Miguel Rossetto, chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, afirmou que o país vive um "período de transição" e o impeachment "é uma agenda do passado".


Agência Brasil
Miguel Rossetto é ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da RepúblicaMiguel Rossetto é ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República
Rossetto afirmou que a presidenta Dilma Rousseff cumprirá seu mandato e garantiu que ela "entregará um país melhor para o povo brasileiro". Ele também repeliu as tentativas da oposição e da grande mídia de tentar fazer com que a presidenta Dilma Rousseff se curve aos golpista por meio de um pedido de desculpas da presidenta Dilma Rousseff. 

"O PT NÃO PERDEU AS RUAS, MAS ELAS NÃO SÃO AS MESMAS"


 
"
"Quando a oposição conservadora, sob os auspícios da Rede Globo, resolveu dar a tal trégua na sua caça à presidenta, muito se especulou sobre os motivos da súbita guinada. Logo ficaram evidentes as duas motivações básicas: o medo da crise econômica se acentuar, prejudicando ainda mais os negócios das elites e a falta de alternativas políticas rápidas e seguras", diz Celso Marcondes, diretor do Instituto Lula; "Um terceiro motivo para a freada no ímpeto golpista não ficou tão claro, mas depois das manifestações deste dia 20, só não o vê quem não quer: era o medo da reação popular frente ao golpe em articulação"Por Celso Marcondes

Manifestantes falam sobre a marcha da Democracia que aconteceu dia 20

 

Mariana Serafini
  

A Rádio Vermelho compareceu à manifestação da última quinta-feira (20), em São Paulo, em que se reuniram cerca de 100 mil pessoas para apoiar a presidenta Dilma contra o golpe, contra os ajustes fiscais e por mais conquistas e avanços sociais para o país. A rádio perguntou aos manifestantes o por quê de estarem ali e qual a importância dessa manifestação no sentido de combater o avanço do conservadorismo no Brasil.


Ouça a opinião dos manifestantes na Rádio Vermelho: ACESSE NA INTERNET...
Leia também:
Por Ramon de Castro, da Rádio Vermelho

A MARCHA CONTRA O GOLPE NO BRASIL

Manifestações por democracia ou ódio: qual foi a sua?


Duas manifestações, bandeiras distintas. A TV Vermelho compara as ações golpistas que ocorreram no último domingo (16) que reivindica o impeachment da presidenta Dilma Rousseff e a intervenção militar nos moldes de 64, com os atos que ocorreram nesta quinta-feira (20) em todo país, pela defesa da democracia, contra o ajuste fiscal e por mais conquistas sociais.



Assista o vídeo abaixo:
 


Do Portal Vermelho,  Laís Gouveia, Toni C. e Clécio Almeida 

Mídia, a crise econômica e o tiro no pé

 

sábado, 22 de agosto de 2015

REFLEXÃO DO DIA

As mentiras de Fernando Henrique Cardoso

Do Portal Vemelho

Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República e ex-“príncipe dos sociólogos”, tem uma qualidade rara: é uma espécie de rei Midas ao contrário.

Ele se esforça por polir sua biografia no esforço vaidoso de figurar bem na história. Mas, quanto mais se empenha, mais opaca sua imagem fica! Ele, que se tornou “príncipe da privataria” depois das privatizações promovidas por seu governo, figura entre os piores presidentes da República (talvez o pior) na avaliação popular e tenta, a todo custo, desqualificar a imagem de seu sucessor, Luiz Inácio Lula da Silva que, sem titulação acadêmica, ostenta a avaliação popular de melhor presidente da história do país.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Não há que termos medo do vermelho

 

Cheguei da rua. Andei da Praça do Derby à Pracinha do Diário acompanhada de militantes do meu partido, o PCdoB. Muita gente unida em uma só voz: a democracia é uma conquista do povo, abaixo o golpe e todo apoio à presidenta Dilma.


Da esquerda para a direita: Marcelino Granja, Cida Pedrosa, Luciana Santos e Luciano Siqueira, durante o ato em defesa do BrasilDa esquerda para a direita: Marcelino Granja, Cida Pedrosa, Luciana Santos e Luciano Siqueira, durante o ato em defesa do Brasil
Por Cida Pedrosa

Recife mais uma vez demonstrou sua vocação libertária. Na Avenida Conde da Boa Vista, como sempre, fomos saudados da janela pelos que nos apoiam. O chão e as alturas em um só grito: Viva a democracia!

Luciana: Transposição leva água para quem sofre com a seca

 

A presidenta do PCdoB, deputada de Pernambuco, Luciana Santos, integrou a comitiva da presidenta Dilma Rousseff nesta sexta-feira (21), em Cabrobó (PE), na entrega da primeira Estação de Bombeamento (EBI-1) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).


  
Para a dirigente, a inauguração do trecho de transposição do Rio São Francisco é o ponta pé inicial do verdadeiro combate à seca na região, mas que também beneficiará todos os brasileiros.

“É muito importante levar água numa região que sofre e que amarga as consequências de uma seca. De uma seca que se prolonga por muito tempo que inclusive é causa de um dos fenômenos do aumento da inflação, que são os reajustes no valor da energia do brasileiro, causada exatamente pela crise hídrica que o Brasil atravessa”, salientou a deputada comunista, lembrando que o estado de Pernambuco é um dos mais castigados pela estiagem no Nordeste.

Desenvolver o Brasil

Dilma: 150 anos depois, integração do São Francisco sai do papel

 

“Um momento histórico”. Assim definiu a presidenta Dilma Rousseff em seu discurso durante inauguração da primeira Estação de Bombeamento (EBI-1) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), em Cabrobó, Pernambuco, que contou com a participação de dezenas de lideranças políticas e sociais, entre as quais, a presidenta nacional do PCdoB, a deputada federal Luciana Santos.


Agência Brasil
Dilma com os trabalhadores no ponto de partida do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, durante a entrega da primeira Estação de Bombeamento, a EBI-1Dilma com os trabalhadores no ponto de partida do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, durante a entrega da primeira Estação de Bombeamento, a EBI-1
“Vivemos um momento histórico porque essa obra foi concebida pela primeira vez quando Dom Pedro era imperador. Tem 150 anos que essa obra não saia do papel. E hoje estamos comemorando, pois ela é uma realidade”, enfatizou Dilma.

A presidenta fez questão de salientar que a obra se tornou realidade graças ao empenho e compromisso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.