segunda-feira, 27 de julho de 2015

Página que faz apologia ao estupro e nazismo é alvo de denúncias na PF

 

O site “Tio Astolfo” contém um pacote completo de aberrações humanas. É um verdadeiro guia para difamar e agredir as mulheres e pisotear os direitos humanos. Nele, há um manual de como estuprar mulheres, com níveis e categorias diferentes, como também se defende o nazismo, a homofobia e perseguição à qualquer coisa que seja de esquerda. 

Por Laís Gouveia



Apologia ao estupro Apologia ao estupro 

Surfando na cada vez maior onda de ódio que assola o país – refletida em linchamentos e patrulhas ideológicas agressivas –, alguns individuos perderam completamente os limites do tolerável.

Um deles é o autor da tal página. O clima de indignação com o site tomou conta das redes sociais nesta segunda-feira (27). A internauta Marianna Ribeiro, diz estar chocada com as barbaridades expostas no site. “Impressionada com o seu conteúdo imundo. Irei denunciá-la à Polícia Federal agora”.


Já a internauta Nichele Nayara, pede punição aos responsáveis pelo site. “Essa pessoa merece cadeia”, afirma. 

No Brasil, crime de estupro se caracteriza por constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. A pena de reclusão é de 6 a 10 anos.


Apologia ao nazismo 

Caso o ato resulte em lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 ou maior de 14 anos, a pena é a reclusão de 8 a 12 anos. Se a conduta resulta em morte, a pena é a reclusão, de 12 a 30 anos”.

Diversos internautas estão mobilizando nas redes sociais para denunciar o site “Tio Astolfo”.

Como denunciar uma página abusiva?

A Policia Federal investiga os crimes on-line e disponibiliza um link em sua página para receber as denúncias.



O Humaniza Redes, criado pelo Governo Federal para denunciar os crimes de internet, também disponibiliza um link para denunciar os crimes on-line. 

Convidamos os leitores do Portal Vermelho a denunciarem o conteúdo criminoso do tal site "Tio Astolfo" (http://tioastolfo.com/).



Do Portal Vermelho 

0 comentários :

Postar um comentário